Festival híbrido de design: ideias e inspirações

Em um ano incomum, as semanas de design e outros eventos precisaram se reinventar. Com a DW! não foi diferente. O evento foi remarcado para o mês de novembro (quando chegamos à fase Verde do Plano São Paulo) e chega em novo formato e algumas novidades. Entre elas, três eixos curatoriais:

Outdoor – O despertar da cidade: Ações que estabeleçam diálogo com a cidade, durante o dia ou noite;
Indoor: Ações dentro de lojas, galerias, ateliês com obrigatoriedade de adoção dos protocolos de segurança, RSVP e visitação limitada e controlada;
Digital Exponencial: Através de sua plataforma digital, o festival quebra barreiras e entra na casa de pessoas de qualquer cidade do Brasil e do mundo.

Para apresentar os novos conceitos, compartilhar inspirações e esclarecer dúvidas de parceiros e visitantes, realizamos duas lives com as curadoras do festival. Na primeira delas, Winnie Bastian mostrou algumas ações Outdoor que fizeram em aconteceram em edições passadas da DW! e outras semanas de design pelo mundo. Já Lúcia Gurovitz abordou as ações em formato Indoor e explicou o que é o Digital Exponencial.

As ações apresentadas por Lúcia se destacam por capturar a atenção das pessoas pela criatividade, por surpreender e ainda promover trocas e experiências.

Ilustração 3D

“Descobri o estúdio @another_a_r_t_i_s_t no último London Design Festival e quis mostrá-lo para ilustrar uma das possibilidades do digital: o 3D. Eles produzem imagem virtuais oníricas para designers industriais e escritórios de arquitetura. Recebem os desenhos das peças e criam cenários imaginários.”

Ao ar livre

“A ambientação da Artefacto B&C no DW! 2019 parece feita para os dias de hoje: ocupa o jardim da loja, ou seja, ao ar livre, e a disposição do mobiliário pensada pelo paisagista Gilberto Elkis já indica o distanciamento social. Dá para bater papo a uma distância segura.

Vitrine caprichada

“Ocupação inteligente do espaço na Breton no ano passado: os móveis estão na vitrine e voltados para a rua, portanto podem ser vistos pelo lado de fora da loja. Além disso, o ambiente tem colorido, vibração e natureza, tudo o que a gente precisa agora.”

Ambiente instagramável

Quem for pensar numa área instagramável, perfeita para retratos, já pode sugerir, por meio do design do ambiente, que as selfies sejam feitas por uma pessoa por vez, como neste espelho individual instalado por Juliana Pippi na Casapronta.

Estufa para flores

Foto: Andrea Ferrari

Como usar a temática da primavera sugerida pelos conceitos curatoriais do DW! deste ano? Logo lembrei dessa instalação do Dimore Studio na semana de design de Milão em 2018: o móvel-vitrine antigo, que expõe os objetos da marca, ganhou ares de estufa.

Palestras com nomes internacionais

“O rapaz da foto é o arquiteto Franklin Azzi, designer do ano da última feira Maison&Objet, em Paris. Trouxe esse exemplo para falar de mais uma possibilidade do digital: assistir a palestras de nomes internacionais online. Recebi o link para ver Franklin falando no preview da feira, em maio. No digital, não há fronteiras, o acesso a um designer que mora em outro canto se torna mais simples.”

Bexigas

Instalação “No Signal Zone” por Sara Ricciardi | Foto: Amir Farzad

Outro jeito de pensar nas instalações instagramáveis para os tempos atuais: a designer Sara Ricciardi também sugere, por meio de um círculo no piso, fotos individuais em sua atração na última semana de design de Milão (realizada de forma local e híbrida). Também destaco o uso de balões, um material de baixo custo. O grande efeito vem do desenho da cenografia.

Cerimônia do chá

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Erika Kobayashi (@cerimoniadocha) em

A cerimônia do chá conduzida pela artista Erika Kobayashi (@cerimoniadocha) na loja Grado em 2019 é uma ótima ideia de evento para um número restrito de convidados, sob RSVP. Nem teria como fazer um ritual desse tipo para muita gente. Uma adaptação possível para os dias de hoje seria colocar uma câmera diante da artista e transmitir a apresentação ao vivo.

Jantar show

Imagem do jantar show do chef Ivan Achcar para a marca Neolith no ano passado. Uma ideia possível para este ano seria um “cozinhando com o chef”: convidados receberiam uma caixa de ingredientes em casa e um link de acesso a uma transmissão ao vivo. De casa, fariam simultâneamente a mesma receita. Um número restrito de convidados poderia acompanhar no local.

O DW! 2020 acontece em formato híbrido, com ações presenciais de 8 a 14 de novembro e ações digitais antes, durante e depois deste período. A programação oficial será divulgada em novembro, mas você já pode conferir os principais eventos do universo do design, arquitetura, decoração e artes em nosso site, na seção ESQUENTA DW!.

Compartilhar

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp