Feito à mão: 7 artistas e designers para acompanhar


por Redação DW! | 28 de abril de 2021 | Foto: Valentim Studio

Se você ama o universo do design é bem provável que você conheça a Feira na Rosembaum, um encontro que reúne artistas e designers independentes para levar ao público criações autorais carregados de identidade brasileira. A feira acontece em dois formatos: edições presenciais em São Paulo, (mas também já circulou por outras capitais brasileiras em edições itinerantes) e a feira online. Mas o que há de mais especial no evento é a sua curadoria e sua atmosfera: um encontro com música, sons, cheiros e cenários

Cris Rosenbaum é como uma caçadora de criativos que possuem trabalhos autênticos e que refletem a alma brasileira. “Minha curadoria passa pela identidade dos trabalhos, o que eles têm para contar. Nosso país é diverso, multicultural, assim também acabam sendo as criações que são inspiradas por todas essas culturas. Na Feira as pessoas podem encontrar artistas e designers que venho conhecendo ao longo desse tempo, e também parcerias frutos dos encontros proporcionado por esse movimento, que são, para mim, o maior motivo de celebração dentro dessa rede que conseguimos criar juntos.”

De olho no que a curadora e fundadora da Feira seleciona para cada edição, fizemos uma lista com 7 artistas e designers que participam da Feira de Todas as Mães que acontece até 08 de maio em formato híbrido e apresenta o trabalho de 50 criativos brasileiros.

1. Alex Rocca

Você acha que a tapeçaria pode ser mais que um objeto decorativo? O artista Alex Rocca também. “Cada peça criada transborda camadas de conteúdo e afeto, culminando em uma obra que é o espelho da própria alma”, comenta o artesão.

tapeçaria feita à mão
Foto: reprodução instagram.com/__alexrocca/

 

Rocca é um apaixonado por cores, texturas e padrões. Usando o processo de tufting (que utiliza ferramenta elétrica) e o bordado manual, Alex cria peças com influências contemporâneas, arquitetônicas e cenográficas. Diferentes tipos de linhas, lãs, cordas, algodões e fios dão forma a desenhos sinuosos com forte inspiração na natureza.

2. A.Terra Estúdio

Para a designer e ceramista Mary Yamakawa, a modelagem manual faz lembrar sobre a vida: imperfeita, cheia de buracos, altos e baixos.

cerâmica feita à mão
Foto: reprodução instagram.com/aterraestudio/

 

Em seu estúdio, na cidade de Florianópolis, Mary cria peças em argila preta – rica em titânio; as suas ‘alçudas’ – xícaras e objetos jarras que cativam pelo tamanho de suas alças; criações em tons terracota e outras peças de seu universo ‘imperfeito perfeito’.

“O estudo das formas às vezes passa pelo desenho, pelo imaginário e também pelo instintivo. Às vezes o plano dá errado, mas acaba dando certo.”

3. Studio Pamelitas

Às vezes a dor é inevitável, mas podemos escolher como acolhê-la. E foi pensando nisso que a artista Pâmela Moraes criou a série ‘Cuide bem do seu dodói’.

decoração de parede cerâmica
Foto: reproducão instagram.com/studiopamelitas/

 

“Os curativos fazem parte da minha nova coleção que fala sobre refletir a cura. Ela conversa com aquilo que muitas vezes a gente não quer olhar, mas quando nos permitimos, há a conexão com a nossa consciência sobre dedicação e o tempo. Ele cura. Os curativos carregam amor, delicadeza e cuidados. E o mais importante é que para cada pessoa a ressignificação da dor é única também.”

Além dos curativos, Pâmela desenvolve manualmente outras peças decorativas e utilitárias em porcelana. As pinturas também são feitas à mão, peça por peça.

4. Oiamo Design

O designer Tiago Braga adentrou no interior do Rio Grande do Sul e conheceu muitas histórias de pessoas e lugares. E dessas andanças nasceu a coleção Mãe-terra – lançamento que Tiago apresenta esta edição da Feira.

decoração fibras naturais
Foto: reproducão instagram.com/oiamodesign/

 

Me peguei distraído com as texturas do tecido, do cipó, do algodão. Desfiei, embaixo de uma árvore, a franja de sisal. Fiquei comovido ao enxergar os veios da madeira recém tirada do piso de um antigo casarão. Visitei muitas memórias e recebi, generosamente, os saberes da Rosa, da Beatriz, do Ronaldo, da Soloí, da Angela, da Sandra, do Marcos, da Sheila. Eles abriram as portas de suas casas e de seus corações para acreditar e criar junto comigo. Há uma história por traz de cada laçada, de cada ponto, de cada fio”.

5. Thais Mor Atelier

Um dia Tais pensou: “se eu tiver que escolher fazer uma coisa para o resto da minha vida, pintarei porcelana.” E assim nasceu o atelier que leva seu nome.

copo americano lagoinha
Foto via instagram.com/thaismoratelier/

 

“Tudo começou com a pintura em porcelana, mas o desejo de desenvolver o objeto desde a modelagem e de aplicar a técnica da pintura sob o esmalte (mais resistente) me fascinava. Sempre gostei de desafios de desenvolvimento de projetos e produção e os testes de novas aplicações me possibilitaram lindas descobertas, como a Coleção Cura. A coleção nasceu de uma experiencia pessoal profunda, um momento de perdas, reflexão e ressignificação. As peças que levam mensagens positivas, com boas energias e que conectam tantas pessoas e outras histórias que encontrei nesta caminhada.

6. Marcus Camargo

Designer autoral e multifacetado, Marcus traz para a Feira o seu mais novo lançamento: a Coleção Coralinas.

espelho parede bule vaso
Foto via instagram.com/camargomarcus/

 

A coleção nasce de seu envolvimento com a Associação Mulheres Coralinas, que valoriza a autonomia intelectual e financeira como meio de garantir a cidadania plena para as mais de 70 mulheres, que se dividem entre artesãs de barro, bordado, poesia e gastronomia.

Marcus foi mentor criativo da Associação em 2020 e realizou um mapeamento das características artísticas de cada uma delas, criando peças que promovem um diálogo direto do artesanato com o design contemporâneo, resultando na incrível Coleção Coralinas.

7. Aveia Tapeçaria

Um projeto de mãe e filha. Entre as coisas em comum, o gosto por povoar as gavetas dos armários com tramas cheias de histórias. A tradição de Resende Costa,
município de Minas Gerais, veio a calhar. Em cada peça, um pouco da história da cidade que acolhe as criativas por 35 anos.

Foto: Luiza Ananias via instagram.com/aveia.tapecaria/

 

“Entre uma e outra memória, entre linhas e malhas, apresentamos seus espaços, seus moradores, os artesãos que produzem as peças, os teares e as casas que fazem de lá o nosso refúgio. Reconhecemos o valor da origem, da tradição e o protagonismo de quem faz. Resende Costa se fez conhecida pelo artesanato em tear. Valorizar e dar visibilidade para essa técnica é reconhecer e perpetuar um trabalho que por muitos anos define a vida dos seus moradores. É impossível não se sentir convidada pelas texturas, pelas cores, pelo ritmo, pelo som e pela distração que a técnica provoca. Em cada peça curada ou desenvolvida especialmente para a Aveia a gente conta um pouco da história desta cidade que nos acolhe por tantos anos”.

 

O trabalho destes e mais 43 criativos brasileiros – entre artistas, artesãos e designers independentes estão reunidos na Feira de Todas as Mães, edição especial da Feira na Rosembaum que acontece até 08 de maio em formato híbrido. As compras podem ser feitas presencialmente no bairro Pinheiros em São Paulo, ou online através da loja online, WhatsApp e visitas virtuais através do Zoom. Clique aqui e saiba mais!

Fique por dentro das principais novidades, notícias e inspirações do design. Assine nossa newsletter e siga-nos no Instagram: @designweekendsp.

Compartilhar

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

DW! Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias exclusivas do festival e do universo do design, arquitetura e decoração. Cadastre seu e-mail:


    Você poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Consulte nossa política de privacidade.