DETALHE DO EVENTO

Japonésia por Naoki Ishikawa

DATA: De 20 de outubro de 2020 a 03 de janeiro de 2021

HORÁRIO: De terça a domingo, das 11h às 17h

LOCAL: Japan House São Paulo - Avenida Paulista, 52

A Japan House São Paulo apresenta a exposição Japonésia, do jovem fotógrafo Naoki Ishikawa, considerado um dos artistas mais relevantes no cenário atual da fotografia no Japão. Criada especialmente para a instituição, a exposição gratuita e inédita na América Latina pretende revelar as particularidades do arquipélago nipônico, ressaltando sua diversidade de paisagens e de cultura, levando os visitantes a uma verdadeira expedição por um Japão desconhecido.

Em tempos digitais, Naoki é conhecido por fotografar de maneira analógica as paisagens das terras japonesas, trazendo um olhar singular para a interação entre a natureza e a presença humana e seus traços culturais nesses locais. Ishikawa possui extensa jornada artística, tendo realizado exposições de sucesso pelo continente asiático e pelo Estados Unidos, além de reunir premiações como a da The Photographic Society of Japan, na categoria Lifetime Achievement Award, consolidando sua carreira.

Em Japonésia, 74 fotografias – minuciosamente selecionadas – que fazem parte de distintas séries realizadas por Ishikawa durante o período de 2009 a 2018, são reveladas em dimensões variadas, compondo um conjunto que reúne imagens de mais de 20 ilhas do arquipélago. Naoki Ishikawa apresenta o mar, indissociável à representação do Japão, como elemento de grande importância dentre suas obras e, em Japonésia, ele aparece seja como destaque ou como pano de fundo para tantas outras representações, numa forma de retratar a essência do Japão. Outro elemento vital desta expedição, o Monte Fuji, também está presente com destaque entre as obras, em fotografias que são fruto de uma escalada que o artista realizou em 2009, trazendo o seu olhar delicado deste importante ícone.

No Japão, as fotografias foram impressas diretamente do negativo para o papel, sem passar pela digitalização, o que destaca ainda mais as cores das imagens. A expografia ainda inclui áudios gravados a partir de textos escritos pelo próprio artista, aproximando o público do processo e produção de Naoki Ishikawa, que traz uma dimensão afetiva e geográfica para cada um dos conjuntos de fotografias exibidos.