DESIGN PELA VIDA: comunidade do design unida no combate à fome

30 de março de 2020 | Imagens via gerandofalcoes.com/resultados

Estamos vivendo o pior momento da pandemia. O sistema de saúde está sobrecarregado. A falta de emprego leva parte da população a sair para as ruas – seja à trabalho ou em busca de doações – com o objetivo de levar alimentos para colocar à mesa.

Dados recentes da pesquisa “A Favela e Fome”* do Data Favela mostram que, pelo menos, 8 em cada 10 famílias se alimentam e adquirem produtos de higiene e limpeza através de doações.

Viver sem fome é urgente. Por isso, como parte do movimento Design Pela Vida**, vamos ocupar os canais da DW! com uma ação solidária para doar 1.000 cestas básicas digitais para famílias em estado de vulnerabilidade através da rede Gerando Falcões.

Gerando Falcões é uma organização social que atua dentro de estratégia de rede, em periferias e favelas de todo Brasil. Seus projetos estão focados em esporte, cultura e qualificação profissional. Através da ação Corona no Paredão, Fome Não!, a ONG se transforma em ponte para levar cestas básicas digitais para distribuir para famílias em estado de vulnerabilidade.

VOCÊ PODE FAZER PARTE DESTA REDE SOLIDÁRIA

Doação de cesta básica digital
Imagem via gerandofalcoes.com/resultados



Como uma embaixadora da Gerando Falcões, a DW! Semana de Design de São Paulo convida você a fazer parte desta grande rede no combate à fome. Através de uma página web arrecadamos as doações para compra de cestas básicas digitais que serão automaticamente direcionadas para a campanha da ONG. A partir daí, a organização será responsável por todo processo, até o cartão ser entregue a um líder social conveniado e entregue para as famílias beneficiadas.

Para contribuir basta doar uma ou mais cestas básicas digitais no valor de R$ 50,00 cada. Acesse a página da campanha e escolha fazer o pagamento através de cartão de crédito, PayPal ou boleto bancário.

O QUE É UMA CESTA BÁSICA DIGITAL?

 

Moradora da comunidade de São José do Rio Preto, uma das regiões beneficiadas pela ação Corona no Paredão, Fome Não! | Imagem via gerandofalcoes.com/resultados



Os valores arrecadados na ação serão convertidos em cartões pré-pagos – habilitados somente para compra de alimentos e produtos de higiene em supermercados. Cada família beneficiada receberá um cartão com crédito de R$150,00. Haverá uma recarga no mesmo valor no mês seguinte.

A ONG acredita que, ao doar cestas básicas digitais, o dinheiro acaba ajudando a movimentar mercadinhos e comércios da própria comunidade. Também ajuda a garantir uma alimentação mais nutritiva ao ser possível incluir legumes e frutas na alimentação – uma vez que a cesta básica possui somente alimentos não perecíveis.

A primeira campanha com foco em cestas básicas digitais da Gerando Falcões arrecadou o valor equivalente a 38.551 cestas, atendendo 19.276 famílias e impactando 96.379 pessoas.***

Quer doar? Clique aqui.


SAIBA MAIS SOBRE A GERANDO FALCÕES

A ONG Gerando Falcões foi fundada em 2011 por Edu Lyra. Suas ações recebem apoio de alguns dos maiores empresários brasileiros para seu plano de criar a maior rede de projetos sociais do mundo. Atualmente, a organização atua em dez comunidades de diferentes cidades brasileiras, oferecendo cursos de capacitação profissional e treinamento para que os jovens tenham acesso ao mercado de trabalho.

Nomeado pelo Fórum Econômico Mundial como um dos jovens brasileiros que podem ajudar a mudar o mundo, Edu Lyra também foi incluído pela revista Forbes na lista dos 30 jovens mais influentes do País. Na noite dessa segunda, o empreendedor social foi recebido pela jornalista Vera Magalhães no programa Roda Viva. Assista:

Os relatórios de transparência da Gerando Falcões estão disponíveis neste link. Faça sua doação e compartilhe esta ação solidária com seus amigos e se junte ao movimento #DesignPelaVida.

 

*A pesquisa foi feita com 2.087 pessoas maiores de 16 anos, em 76 favelas em todas as unidades da federação, no período de 9 a 11 de fevereiro de 2021. A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais.

** O movimento #DesignPelaVida foi lançado no ano passado pela DW! Semana de Design de São Paulo e High Design Expo. Levando em conta a definição de saúde pela Organização Mundial de Saúde (OMS), os eventos apresentaram conteúdo relevante para mostrar o quanto o design, a arquitetura e engenharia são necessários, essenciais para a segurança, o bem estar e a retomada da vida das pessoas.

*** Dados de 29/03/2021

Compartilhar

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp