Resíduos da pesca do Sururu se transformam em elemento vazado para construção

A pesca do Sururu é uma importante fonte de renda para a Comunidade do Vergel situada às margens da Lagoa do Mundaú em Maceió. Ao mesmo tempo, todo mês, a pesca gera 300 toneladas de conchas que poluem a lagoa e seus arredores.

Imagem: reprodução instagram.com/mrosenbaum

 

A convite da Prefeitura de Maceió, junto a instituições que incentivam o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade, Marcelo Rosenbaum foi convidado a contribuir com um projeto de incentivo à economia circular. Por sua vez, Marcelo convidou Rodrigo Ambrósio. O resultado foi o desenvolvimento de um novo produto: o Cobogó da Mundaú, um elemento construtivo vazado que utiliza 62,5% de cascas de sururu em sua composição.

magem: reprodução instagram.com/mrosenbaum

 

No ano passado, a Portobello conduziu o desenvolvimento técnico do Cobogó da Mundaú, e apoiando na sistematização do processo produtivo, embalagem e comunicação. Em breve, o produto estará disponível nas 140 lojas da Portobello.

 

Este lançamento mostra a importância do design e do investimento industrial em ações sociais que geram trabalho em escala para comunidades carentes através da reciclagem de resíduos e outros materiais locais, proporcionando uma economia circular de valor agregado.

A Portobello preparou uma semana cheia de atrações: tem palestras, talks e tour virtual. Tudo com acesso gratuito. Acesse ACONTECE em designweekend.com.br e saiba mais!

Fique por dentro das principais notícias do design. Assine nossa newsletter e siga-nos no Instagram: @designweekendsp.

Compartilhar

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

DW! Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias exclusivas do festival e do universo do design, arquitetura e decoração. Cadastre seu e-mail:


    Você poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Consulte nossa política de privacidade.