31 de julho: Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista

Uma referência especial às Arquitetas e Urbanistas foi aprovada no dia 7 de agosto de 2020: a instituição do Dia Nacional da Mulher Arquiteta e Urbanista a ser comemorado em 31 de julho.

A data homenageia um público majoritário: as mulheres são 64,34% dos 196.825 profissionais registrados no CAU. Apesar disso, nem sempre encontram as mesmas condições de acesso, exercício, permanência e ascensão no campo da Arquitetura

A nova data representa um importante passo na promoção da igualdade de gênero em todas as suas instâncias e em sua relação com a sociedade. Essa, entre outras decisões, foram adotadas após a divulgação do 1º Diagnóstico de Gênero na Arquitetura e Urbanismo, do CAU/BR, que apontou inúmeras desigualdades entre arquitetas e arquitetos em diversas áreas.

Com isso, nos perguntamos: quem são as arquitetas e urbanistas que impactam na vida das cidades e da sociedade? Em meio a tantos talentos, enumerar as profissionais que se enquadram neste recorte não foi uma tarefa fácil
. Por isso, resolvemos compartilhar alguns destes nomes neste post do blog. A lista está longe de ser abrangente e pode crescer com a sua colaboração.

1. Carina Guedes

Carina Guedes em uma aula sobre desenho, na foto ela aparece com a filha no colo.



Durante sua pesquisa de mestrado na Escola de Arquitetura da UFMG em 2013, Carina Guedes criou o Arquitetura na Periferia, projeto que, desde 2014, reúne e capacita mulheres para a independência do instalar, construir e reformar sua própria casa. Estruturado em oficinas que duram de quatro até seis meses, o projeto se inicia com aulas de desenhos e croquis. Em seguida, elas aprendem noções básicas financeiras para lidar não somente com o pequeno empréstimo recebido do projeto, como também com as matemáticas de gastos corriqueiros e compra dos materiais de construção.

 

Foto via www.facebook.com/arquiteturanaperiferia


Entre 2015 e 2017 o trabalho teve continuidade dentro da ASF-Brasil (Arquitetas Sem Fronteiras). No ano de 2018, com o crescimento do projeto, o Arquitetura na Periferia se formalizou através da criação do Instituto de Assessoria à Mulheres e Inovação, o IAMÍ.

2. Adriana Levisky



A arquiteta e urbanista Adriana Levisky atua  no desenvolvimento  de  projetos arquitetônicos e urbanos, na consultoria em   ações estratégicas vinculadas à legislação urbanística e edilícia e na aprovação de projetos complexos. Com um portfólio que traz mais de 7 milhões de m² desenvolvidos em projetos, seu escritório é reconhecido por uma atuação focada em requalificação de espaços públicos e privados para a valorização urbana e a melhora da qualidade de vida nas regiões metropolitanas.

 

Praça Victor Civita – Museu Aberto da Sustentabilidade: projeto de reabilitação de uma área abandonada através de parceria público-privado. Co-autoria Anna Julia Martins Dietzsch


Sua atuação nas esferas de debate sobre a cidade é fundamental e marcada por participações institucionais como membro: Conselho Deliberativo da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura – regional São Paulo (AsBEA-SP); da Comissão de Edificações e Uso do Solo (CEUSO); membro representante da FecomercioSP na Câmara Técnica de Legislação Urbanística (CTLU) e conselheira do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS). 

3. Ester Carro

Ester durante ação social no Jardim Colombo | Foto via www.facebook.com/parquefazendinha/


Ester Carro é arquiteta e ativista urbana, mestre em Projeto, Produção e Gestão do Espaço Urbano, professora e pesquisadora no Núcleo de Mulheres e Território do Laboratório de Cidades (Arq. Futuro e e Insper) e fellowship na Avenues São Paulo.

 

Depois da retirada do lixo, o espaço, antes ocioso, deu lugar a uma área de lazer para a uso da comunidade | Foto via www.facebook.com/parquefazendinha/ Foto via


Ester está à frente do Fazendinhando – criado em 2017, é um movimento de transformação física, cultural e social no Jardim Colombo, feito por e para os moradores, por meio da recuperação de espaços públicos e ações de arte e cultura, visando a integração da comunidade. Uma das ações consistiu em limpar uma lixão dentro da comunidade e transformá-lo em um parque com atividades, oficinas e espaços de lazer e descanso. Recentemente, um mutirão de moradores realizou a pintura de uma das escadarias principais da comunidade usando tintas doadas. 

Além da revitalização deste parque, o Fazendinhando conta com outros três projetos fundamentais: Fazendeiras e Fazendolar. O Fazendeiras busca preparar as mulheres da região para atuação na cozinha e na construção civil. Já o Fazendolar faz a conexão de estudantes de arquitetura, engenharia, design e áreas afins com a comunidade do Jardim Colombo, integrando assim a cidade formal com a cidade informal.

4. Lua Nitsche

Empena Viva no Parque Minhocão (2015) | Foto: João Nitsche e André Scarpa

 

A arquiteta e urbanista Lua Nitsche é um dos nomes à frente do Nitsche Arquitetos Associados – formado com seus irmãos, Pedro e João – arquitetos e artista plástico, respectivamente. Em seus trabalhos, Lua atua com a constante vontade de melhorar a cidade – as calçadas, prédios mais abertos e travessas nos meios das quadras.

Edifício João Moura (2009) | Foto: Nelson Kon

 

O edifício João Moura (2009) é um edifício comercial que se destaca na paisagem da Vila Madalena por sua presença marcante: sua fachada lateral é grande painel, composto por aberturas e por anteparos coloridos e dispõe de varandas com diferentes dimensões, que qualificam os conjuntos e conferem novo aspecto ao espaço de trabalho corporativo.

 4. Mona Singal


 

Ao fundar o RUA 141, a arquiteta e urbanista Mona Singal pensou em criar um escritório cujo propósito teria a responsabilidade social relacionada à sua atuação profissional: seu modelo de negócio one-for-one prevê a cada projeto contratado o desenvolvimento de outro em parceria com ONGs ou instituições em comunidades carentes.

Área de convívio do Lar Batista do Campo Limpo, projeto em parceria com Décor Social

 

É o caso da reforma do Lar Batista do Campo Limpo, em São Paulo, inaugurado em dezembro do ano passado, e onde vivem 17 crianças e adolescentes, de 0 a 17 anos. A convite da ONG Decor Social, idealizadora e coordenadora da ação, o RUA 141 desenvolveu o projeto geral da reforma e o da área de convívio das crianças, um espaço antes insalubre, com pouca iluminação, sem identidade, e que agora tornou-se um ambiente para as crianças brincarem, assistirem tv, fazerem deveres da escola e lerem livros.


5. Carla Juaçaba

Pavilhão da Santa Fé, capela construída para o Vaticano na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018

 

Uma das características marcantes das obras da arquiteta e urbanista Carla Juaçaba é a preocupação com o contexto de onde se inserem – clima, luz, natureza e materiais disponíveis. Também é reconhecida mundo afora por trabalhos que englobam sustentabilidade, tecnologia e aspectos socioculturais.

 

Pavilhão Humanidade, instalado no Forte de Copacabana durante a realização da RIO+20 | Foto: Leonardo Finotti

 

O Pavilhão da Santa Fé, capela construída para o Vaticano na Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018, e o Pavilhão Humanidade, instalado no Forte de Copacabana durante a realização da RIO+20 em 2012, são dois de seus projetos mais conhecidos.

Carla ganhou a primeira edição do Prêmio Internacional de Arquitetura para Mulheres ArcVision em 2013, foi nomeada para os prêmios Schelling Architecture (2014); MCHAP (2014) e o Architectural BSI Swiss. Tem forte atuação no meio acadêmico com participação em conferências em universidades do Brasil e do mundo. Vive em Londres e atualmente leciona na Mendrisio Accademia.

 

Conhece alguma outra arquiteta e urbanista com obras com atuações que impactam na vida das cidades e da sociedade? Deixe o  nome nos comentários.


com informações de Casa e Jardim, Folha de São Paulo, CAU

 

Compartilhar

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DW! Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias exclusivas do festival e do universo do design, arquitetura e decoração. Cadastre seu e-mail:


    Você poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Consulte nossa política de privacidade.